Vínculo com a igreja:

Recado ao leitor:

Receba atualizações em seu e-mail!

Vídeo do mês:

jesusnafamilia no WhatsApp:

jesusnafamilia no WhatsApp:

terça-feira, 24 de julho de 2012

Por que Jesus e não Maria?

Uma das maiores dificuldades de conversão ao Senhor Jesus Cristo pelo os católicos se encontra na pessoa de Maria – mãe de Jesus. A idolatria a ela tem sido um fator predominante e impeditivo ao verdadeiro encontro com o Evangelho. Relembro que em Romanos 3:23 declara que “todos pecaram e carecem da glória de Deus” portanto Maria não foi concebida sem pecado, porém em relação à Cristo temos em Hebreus 7:26 “Santo, Incupável, sem mácula...”.
Só existe um mediador que é Cristo conforme 1º Timóteo 2:5 e em 1ª João 2:1 vemos que Cristo está junto ao Pai. Não existe qualquer relato bíblico que Maria está ocupando o céu junto a Trindade.
Em 1º Timóteo 2:5 vemos “ Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.” Portanto somente Jesus Cristo intercede pelo o pecador conforme a Palavra de Deus “Se, todavia, alguém pecar, temos um Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o justo” 1ª João 2:1. A padronização pagã da Igreja Católica em relação a Maria se deu no século V ano de 431 com o dogma “Maria é proclamada mãe de Deus” e mais a frente no século IX ano 819 com a “Festa da Assunção de Maria” sendo observada pela a 1ª vez.
O fato de Maria ter sido virgem no ato da concepção de Jesus é algo que não se pode discutir, pois é totalmente verdadeiro. O que é contraditório é a permanência de sua virgindade após o nascimento de Jesus haja vista que Jesus teve irmãos coforme em João 2:12 que diz: “Depois disto desceu a Cafarnaum, ele, e sua mãe, e seus irmãos, e seus discípulos; e ficaram ali não muitos dias.”









Encerro esse pequeno artigo citando a sábia ilustração do Apóstolo Nilson e Missionária  Elza Carvalho cujo link é: http://igreja- iglesia.ning.com/profiles/message/show?id=728078905&folder=Inbox&page=1

Uma senhora humilde um dia foi ao medico, ela tinha, mais de 80 anos.
Depois de realizar alguns exames o medico lhe disse:
A senhora e crente não é?
Sou sim pela misericórdia de Deus.
Ele disse eu gosto dos crentes, só tem um problema, porque vocês falam tanto em Jesus e pouco de Maria.
A senhora ficou em silencio certo tempo e depois respondeu.
Doutor posso te fazer uma pergunta?
Sim minha senhora.
Se eu chegasse aqui e sua secretaria me dissesse que o senhor não estava, mas a sua mãe estava, o senhor acha que eu iria querer ser atendida por ela?
Claro que não, quem se formou em medicina fui eu não ela!
Pois é doutor, quem morreu na cruz por mim e por você foi JESUS não Maria.


“Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim”. João 14:6

Nenhum comentário:

Postar um comentário