Vínculo com a igreja:

Recado ao leitor:

Vídeo do mês:

jesusnafamilia no WhatsApp:

jesusnafamilia no WhatsApp:

Receba atualizações em seu e-mail!

sábado, 22 de março de 2014

SERMÕES SOBRE A SALVAÇÃO


 
"Quando Jesus chegou àquele lugar, olhando para cima, disse-lhe: Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa. " (Lucas 19:5).

 
Alguns de nós recebemos muitas vezes ensinamentos sobre as doutrinas da graça. Mas essas doutrinas têm que ser freqüentemente repetidas, a fim de que os novos cristãos realmente possam entendê-las com suas mentes e amá-las em seus corações.

Os mais velhos talvez achem que este sermão é simples. Estou pregando-o especialmente para cristãos mais jovens. Quero que cristãos jovens e velhos tenham uma melhor compreensão do ensinamento da doutrina denominada "chamado eficaz". Este ensinamento significa que o Espírito Santo de Deus age no coração de um homem de tal maneira que quando ele recebe o chamado de Deus, não pode fazer nada senão obedecer a ordem e vir até Deus.

Usarei a história de Zaqueu para explicar mais claramente o ensinamento do chamado eficaz. Zaqueu ouvira que Jesus Cristo estava realizando coisas maravilhosas entre os homens. Assim, Zaqueu queria ver Jesus com seus próprios olhos. Mas ele tinha um problema: ele era um homem de baixa estatura, e havia muitas pessoas acompanhando Jesus. O que fazer? Ele teve uma idéia. Ele subiria numa árvore e iria ocultar-se entre os galhos; então poderia ver Jesus passando sob a árvore. Ele precisava observar atentamen­te, pois Cristo não estaria usando nenhuma roupa especial. Ele estaria usando o mesmo tipo de vestuário que as pessoas comuns usavam.

Enquanto estava lá escondido na árvore, Zaqueu teve uma enorme surpresa. Cristo o viu! Cristo parou sob a árvore e chamou--o: "Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa". O que Zaqueu poderia fazer? Havia apenas uma coisa a fazer. Zaqueu desceu da árvore e foi para sua casa. Cristo entrou em sua casa e Zaqueu "o recebeu com alegria" (Luc. 19:6). O chamado eficaz de Deus chegara a Zaqueu. Ele obedeceu o chamado. Tornou-se um crente em Cristo e entrou no reino dos céus.


1.  O ensinamento do chamado eficaz é um exemplo da graça de Deus. O chamado eficaz não depende de ser um homem bom ou mau. Zaqueu não era um homem bom. Ele vivia em Jericó. Jericó era um cidade má, que tinha sido amaldiçoado por Deus. Zaqueu era um homem que cobrava impostos das pessoas, muitas vezes injustamente. Assim, sua profissão também era má. Cobradores de impostos geralmente tiravam mais dinheiro das pessoas do que o lícito. Eles guardavam o dinheiro extra para si e ficavam ricos. As pessoas não gostavam de cobradores de impostos. Elas não gosta­vam de Zaqueu.

Quando Cristo entrou na casa de Zaqueu, as pessoas disseram que Ele "se hospedara com homem pecador" (Luc. 19:7). Elas achavam que Cristo iria a qualquer casa, exceto à de Zaqueu. Mas Deus não pensa como os homens. Sua graça e misericórdia olharam para Zaqueu na árvore e chamaram-no para baixo. Deus chama as pessoas que escolheu. Elas podem estar muito afastadas dEle. Elas podem não ter nenhum pensamento a respeito de Deus. Ou podem estar apenas curiosas, como Zaqueu estava quando subiu na árvore. O Espírito Santo opera poderosamente no coração do homem que Deus está chamando. Quando isso acontece, até mesmo um homem como Zaqueu obedece ao chamado de Deus. A história de Zaqueu é um bom exemplo do ensinamento do chamado eficaz. 

2. Foi um chamado pessoal. Cristo chamou Zaqueu pelo nome. Talvez houvesse outras pessoas na árvore, mas Cristo apenas Zaqueu. "Zaqueu, desce depressa...", Ele disse.

Há diferentes tipos de chamado na Bíblia. Lemos: "... porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos" (Mat. 20:16). Este é um exemplo do chamado geral de Deus para todos os que estiverem ouvindo o evangelho. Os homens não têm em si mesmos o poder para responder a esse chamado. O chamado pessoal é o eficaz. Deus está operando no coração da pessoa que Ele chamou pelo nome. Ela responderá. Ela seguirá o chamado de Deus.

Vamos observar as Escrituras buscando exemplos do chamado eficaz de Deus. "Disse-lhe Jesus: Maria! Ela, voltando-se, lhe disse ...Mestre" (João 20:26). Jesus viu Pedro e André pescando no mar. Ele lhes disse: "Vinde após mim" (Mat. 4:19). Ele viu Mateus cobrando impostos e disse-lhe: "Segue-me!" (Mat. 9:9). O Espírito Santo operou nos corações de Maria, Pedro, André e Mateus. Eles não puderam resistir ao chamado de Deus, porque era um chamado eficaz. Como Zaqueu, eles obedeceram ao chamado e seguiram a Cristo. Vocês conseguem lembrar-se do momento em que o Senhor os chamou e vocês responderam de todo o coração, dizendo: "Senhor meu e Deus meu!" (João 20:28)?

3. O chamado para Zaqueu foi urgente. "Zaqueu, desce depres­sa". Õ pecador pode ouvir um sermão poderoso. Pode haver um chamado para arrepender-se e crer no evangelho. O pecador pode dizer que virá a Cristo amanhã. Ele irá se divertir hoje, antes de vir. A palavra "amanhã" pertence a Satanás. A palavra de Deus é "hoje". O chamado de Deus para um homem é para que ele se arrependa. "Hoje" será sua palavra também, se Deus nos está chamando. Vocês dirão que ele não podem esperar até amanhã. Vocês devem vir hoje. Cristo disse: "Zaqueu, desce depressa". Ele diz isso a vocês, também. "Apresse-se e venha a mim agora."

4. Foi um chamado humilde. "Zaqueu, desce depressa." Descer é uma experiência dolorosa. Primeiro, devemos descer do pensa­mento de que nossas próprias obras podem nos salvar. Temos que descer ainda mais, até reconhecermos que somos pecadores deso­bedientes. Então, temos que ir ainda mais para baixo, até clamar­mos por Deus em desespero, dizendo-Lhe que não podemos fazer nada para nos salvar. Quando Deus nos trouxer para baixo, então Ele nos levantará. "(Ele) derrubou dos seus tronos os poderoso e exaltou os humildes" (Luc. 1:52).

5. Foi um chamado amoroso. Cristo disse a Zaqueu: "... me convém ficar hoje em tua casa". Muitas pessoas tinham estado na casa de Zaqueu. Ele as havia roubado. Talvez ele tenha sido muito impiedoso com elas. Então, as pessoas perguntavam, por que Cristo queria ir à casa de um homem tão mau? E se Ele devesse ir, por que durante o dia, quando todos podiam vê-lO? Por que Ele não foi 'a noite, quando estava escuro?

Cristo morreu seu amor a Zaqueu não ficando do lado de fora de sua casa, mas sim entrando numa hora do dia quando todos podiam vê-lO. Cristo é muito amoroso. Ele virá às suas casas, ainda que também tenham sido casas más, como a de Zaqueu. Ele lhes dirá, como disse a Zaqueu: "...desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa".

6. Foi um chamado permanente. O chamado iria permanecer e não mudaria de maneira alguma. Há um chamado do evangelho que é feito a todos os homens. E um chamado geral, ainda que genuíno. A menos que o Espírito de Deus esteja operando no coração da pessoa que ouve o chamado, sua intenção de seguir a Cristo irá desvanecer. O chamado redentor de Cristo é um chamado perma­nente. Não terá fim.

Cristo vem às suas casas para fazer uma refeição com vocês. Ele não é como um visitante que fica somente por um curto espaço de tempo e então vai embora. Vocês podem estar certos de que se Jesus está operando em seus corações pelo Seu Santo Espírito, Ele permanecerá lá. Ele nunca irá embora. Cristo lhes fala com poder e diz: "... desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa".

7. Foi um chamado necessário; um chamado que tinham que ser obedecido. Leia as palavras de novo: "Zaqueu, desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa". O chamado de Cristo para Zaqueu foi realmente uma ordem. Ele deve descer daquela árvore, porque Cristo havia decidido ficar em sua casa. Da mesma forma, todos os pecadores que foram remidos por Cristo, quando Ele morreu na cruz, haveriam de ser salvos. Sua salvação é o propósito de Deus. Esta salvação foi trazida por Cristo e prometido por Deus. O escolhido de Deus há de ser salvo. Ele ouvirá o chamado eficaz de Deus e obedecerá.

Alguns homens dizem que nunca serão cristãos. Se Cristo lhes diz: "...me convém ficar hoje em tua casa", eles dizem que não O receberão com alegria como Zaqueu o fez . Mas Deus pode operar neles uma mudança tal que quando Ele os chamar novamente, não terão força para resistir. Eles não vão nem querer resistir. Eles receberão Cristo com alegria em suas casas. Eles serão salvos. Nenhum homem é tão perverso que não possa ser atingido pela misericórdia de Deus. Se Deus diz:"... me convém ficar hoje em tua casa", então com certeza Ele fará isso. Alguns de vocês resistiram ao evangelho por muito tempo. Hoje, vocês não podem mais resistir. Hoje vocês ouvem uma voz dizendo: "Pecador, você riu de mim, você tentou me manter afastado, mas me convém ficar hoje em tua casa."

8. Foi um chamado que mudou a vida de um homem. Sabemos que o chamado de Cristo para Zaqueu foi eficaz, devido à maneira como a vida dele foi transformada. Zaqueu tornou-se um homem diferente. Ele recebeu Jesus em sua casa e serviu-Lhe uma refeição. O Espírito de Deus tinha operado em seu coração. Ele sabia que era um pecador. Ele confiou em Cristo para a salvação. Seus pecados foram perdoados. Ele era um homem feliz. Zaqueu era também um novo homem em Cristo. Ele começou a colocar em ordem as coisas em sua vida que haviam sido erradas. Ele disse: "Senhor, resolvo dar aos pobres a metade dos meus bens; e, se nalguma coisa tenho defraudado alguém, restituo quatro vezes mais". Ele restituiu às pessoas mais do que tinha roubado delas como um cobrador de impostos! Ficou mais pobre, porém terá riquezas celestiais que não possuía antes de subir naquela árvore. Quando a vida de um pecador é transformada, sabemos que Deus o chamou eficazmente. O homem que era bêbado não beberá mais. Em vez disso, ele irá orar. O homem que era um ladrão restituirá as coisas que roubou.

Não podemos saber se um chamado de Deus foi eficaz até que a vida de um homem tenha mudado. As pessoas viram essa mudança na vida de Zaqueu. Elas disseram que Cristo fora hospe­dar-se na casa de um homem que era um pecador. Elas viram que Zaqueu começou a endireitar as coisas que haviam sido erradas em sua vida. Então elas souberam que seu coração havia sido purifica­do, porque sua vida havia mudado. Elas sabiam que a mudança era real. Elas não tinham dúvidas de que o chamado de Deus fora eficaz. Jesus disse a Zaqueu: "Hoje houve salvação nesta casa... Porque o Filho do homem veio buscar e salvar o perdido" (Luc. 19:9-10). Zaqueu tinha estado perdido. O chamado eficaz de Deus chegara até ele e Deus encontrara Zaqueu.

Há uma ou duas lições que deveríamos aprender a partir da história de Zaqueu. As pessoas orgulhosas devem tornar-se humil­des. A misericórdia de Deus vem ao homem que foi trazido para baixo. As pessoas que sentem que nunca poderão vir a Cristo recebem esperança. Enquanto estou pregando, o evangelho alcan­çará os corações daqueles que Deus preparou para recebê-lo. O amor e a misericórdia do Senhor Jesus irão atraí-los. Eles serão eficazmente chamados. Eles O seguirão de todo o coração.

Não importa se vocês vieram ouvir apenas por curiosidade. A curiosidade fez com que Zaqueu subisse na árvore. Deus ainda pode encontrá-los. Ele pode chamá-los e salvá-los, como fez com Zaqueu. Cristo lhes diz que vocês devem humilhar-se. Vocês devem confessar-Lhe seus pecados. Vocês deveriam dizer-Lhe que sabem que estão perdidos, a menos que Ele Se abaixe para salvá-los. Vocês estão olhando para Ele porque Ele primeiro olhou para vocês. Ele fez com que desejassem ser salvos. Vocês nunca poderiam tornar-se desejosos por si sós. Vocês podem estar certos de que Ele os está chamando com aquele chamado eficaz, que os trará a Ele em arrependimento e fé.

Será que o Senhor Jesus está lhes dizendo, como disse a Zaqueu: "... desce depressa, pois me convém ficar hoje em tua casa"?

 
 

SERMÕES SOBRE A SALVAÇÃO
"O chamado eficaz"

C. H. Spurgeon

Nenhum comentário:

Postar um comentário