Vínculo com a igreja:

Recado ao leitor:

Receba atualizações em seu e-mail!

Vídeo do mês:

jesusnafamilia no WhatsApp:

jesusnafamilia no WhatsApp:

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Vencendo as barreiras no casamento


Ter um casamento abençoado e feliz é o desejo de todo casal, porém a missão requer muitas atitudes que precisam ser colocadas em prática. A tarefa não é fácil, mas com a orientação bíblica é possível superar as barreiras. Quer superá-las? Vale a pena se esforçar! O seu casamento é muito importante!

 

1ª Barreira: Aceite o seu cônjuge de forma incondicional

 Já comprou algo ao qual você declarou que se apenas aquela parte fosse modificada o objeto seria perfeito? Talvez a lanterna de um carro, o modelo da calça cumprida, o painel do celular, o teclado do computador... tantas coisas. Existem pessoas que tem esse mesmo pensamento quando o assunto é casamento. É um comportamento que não pode ser inserido no casamento. Jesus ao se entregar na cruz por amor a nós, o fez de forma incondicional. Quem ama numa totalidade se entrega na totalidade. Você aceita o seu cônjuge por completo ou apenas em partes?

Lembre-se: Se aceitar seu cônjuge apenas em parte, você só pode amá-lo em parte.

Tire as suas próprias conclusões: Enquanto servia a bordo de uma canhoneira no Vietnã, Dave Roever estava segurando uma granada de fósforo a 15 cm do rosto quando a bala de um franco-atirador acendeu o explosivo. A primeira vez que se viu após a explosão, ele disse que viu um monstro, e não um ser humano. Quando voltou para os Estados Unidos, ele teve medo da reação de sua jovem esposa, Brenda. Ele havia acabado de ver uma esposa dizer a outra vítima de queimadura que queria o divórcio. Contudo, quando Brenda entrou, ela o beijou na parte que havia restado de seu rosto, sorriu e disse: “Bem vindo ao lar, Dave! Eu amo você!

Gênesis 2:24 “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma carne”.

 
2ª Barreira: Casamento é uma instituição e não um reformatório
 
Infelizmente tem cônjuge que pensa dessa maneira: - É ela (e) que precisa mudar. Eu não preciso mudar! Já parou para imaginar que Deus uniu duas pessoas com criações, gostos e visões  diferentes. O casamento é mais importante que a busca por valores individuais! Ao começar a entender o fato de que você terá que fazer mudanças em seu comportamento e  aceitar seu cônjuge como um presente de Deus, você estará buscando a unidade no casamento. Casamento com falhas sempre existirão, porém buscar as soluções os casais não querem. Para que meu cônjuge mude, preciso eu mudar primeiro. É muito importante compreender que eu também preciso mudar e quando o meu cônjuge perceber isso  muitas coisas podem melhorar. Jesus nos alertou para que mudemos primeiro em vez do próximo. Será que tem algum cisco em meus olhos?
Mateus 7:3-5 “E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão”.
 
 
 


 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário