Vínculo com a igreja:

Recado ao leitor:

Vídeo do mês:

jesusnafamilia no WhatsApp:

jesusnafamilia no WhatsApp:

Receba atualizações em seu e-mail!

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Sacerdócio x Dinheiro


Recentemente realizando uma leitura devocional no livro de Miquéias encontrei no Cap.3 – Versículo 11 uma nota de rodapé muito interessante a respeito do comportamento dos sacerdotes e profetas de sua época que era aproximadamente do século VIII antes de Cristo. Esse profeta exerceu suas atividades em Judá, mas endereçou suas proclamações a Israel – Reino do Norte.

Esboço do Livro:

- Juízo de Deus sobre Israel e sobre Judá (1:1 – 3:12);
- Reinado universal do Senhor (4:1 – 5:15); e
- A corrupção de Israel e a misericórdia de Deus (6:1 – 7:20).


Vejamos 3:11

“Os seus chefes dão as sentenças por presentes, e os seus sacerdotes ensinam por interesse, e os seus profetas adivinham por dinheiro; e ainda se encostam ao Senhor, dizendo: Não está o Senhor no meio de nós? Nenhum mal nos sobrevirá”.

Miquéias advertiu os reis, os sacerdotes e os profetas de sua época de que deveriam evitar o suborno. Atualmente, os pastores aceitam suborno quando permitem que grandes contribuintes controlem a igreja. As denominações evangélicas estão em perigo quando o receio de perder contribuições ou algum membro de sua comunidade influencia os pastores a permanecerem calados, quando deveriam defender o que é correto. Devemos nos lembrar de que no final a nação de Judá foi destruída por causa do comportamento de seus líderes religiosos. 


Uma advertência semelhante deve ser dirigida àqueles que tem dinheiro – nunca use os seus recursos para influenciar ou manipular os ministros de Deusisto se chama suborno











Fonte: Bíblia de Estudo Aplicação Pessoal

Nenhum comentário:

Postar um comentário